Informe Gospel TV






Parceiros

Reflexão

Deus é o nosso refúgio e fortaleza, socorro bem presente na angústia.
O Senhor dos Exércitos está conosco; o Deus de Jacó é o nosso refúgio.
Ele faz cessar as guerras até ao fim da terra; quebra o arco e corta a lança; queima os carros no fogo.
Aquietai-vos, e sabei que eu sou Deus; serei exaltado entre os gentios; serei exaltado sobre a terra.
O Senhor dos Exércitos está conosco; o Deus de Jacó é o nosso refúgio.

Salmos 46

Blog

Violência

Comente agora

Postado por: Welington Macedo / 12 Mai

Irã ameaça “destruir totalmente” as maiores cidades de Israel

Um importante clérigo islâmico disse nesta sexta-feira, durante transmissão do canal de televisão estatal, que o Irã destruirá a segunda e a terceira maiores cidades de Israel, caso seu governo agisse “imprudentemente”. A capital Jerusalém, a mais populosa, seria poupada por que é considerada sagrada pelos muçulmanos.

Ahmad Khatami afirmou durante as orações do dia sagrado islâmico: “iremos expandir o número de mísseis apesar da pressão do Ocidente para impedir isso. Israel precisa saber que, se atuar imprudentemente, Tel Aviv e Haifa serão totalmente destruídas”.

Parte de seu discurso foi para justificar os ataques: “Nada temos a ver com a bomba nuclear, pois nossa política é de contenção. Visando isso, o poder de mísseis do Irã está crescendo a cada dia para que Israel não possa dormir, temendo nossa força”.

O clérigo também criticou o presidente Donald Trump por ter retirado os EUA do acordo nucelar, assinado por Obama em 2015. Citando também os países europeus que permanecem como avalistas do acordo, disparou “Não podemos confiar nos inimigos do Irã”.

Comente agora

Postado por: Welington Macedo / 01 Mai

Estado Islâmico tem US$ 3,6 bilhões para investir em “novas ações”

Desde que o Estado Islâmico deixou de ser um grupo territorial, dominando partes da Síria e no Iraque, no final do ano passado, a organização terrorista tenta se reorganizar em “filiais” espalhadas pelo mundo.

Uma conferência de segurança internacional, realizada em Paris na semana passada, reuniu 80 ministros de Estado e mais de 500 especialistas. O Brasil estava representado por uma comitiva que contava com a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, o general Sergio Westphalen Etchegoyen, o ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência, e o ministro da Justiça, Torquato Jardim.

Embora tenha sido realizada a portas fechadas, suas principais conclusões foram divulgadas pela imprensa. O aspecto que mais preocupa é o chamado “tesouro de guerra” de US$ 3,6 bilhões. Esse montante seria o maior reunido por um único grupo terrorista na história.

Essa fortuna deverá ser usada para financiar ações terroristas, sua resistência em bolsões na Síria e sua organização em países, sobretudo na África. A origem do dinheiro é de doações, negócios realizados por líderes do EI e a cobrança de impostos em territórios dominados pelo grupo.

Comente agora

Postado por: Welington Macedo / 25 Abr

Palestinos usam bombas incendiárias para destruir plantações em Israel

Durante os protestos feitos pelos milhares de palestinos que vão para a cerca que divide a Faixa de Gaza de Israel, pneus são queimados e pedras são atiradas contra os soldados israelenses.

A grande mídia publica imagens e faz relatos dramáticos quando há reação com armas de fogo do lado israelense. A narrativa de que se tratam de atos de guerra pela “força ocupante” é quase onipresente na imprensa.

Em matéria recente, o jornal O Globo escreveu: “Palestinos estão usando um brinquedo de criança como arma contra os soldados de Israel. Eles enchem garrafas plásticas com combustível e caminham em direção à fronteira e, a uma distância prudente para evitarem ser alvo de disparos, ateiam fogo à garrafa e soltam a pipa… As pipas estão se tornando um dos símbolos da Marcha do Retorno, o movimento lançado em 30 de março em Gaza para reivindicar o direito dos palestinos a voltar às terras das quais foram expulsos ou de onde fugiram depois da criação do Estado de Israel, em 1948. Segundo autoridades de Gaza, desde 30 de março, 38 palestinos morreram e centenas ficaram feridos nos confrontos”.

Como sempre, mostra-se apenas um lado da questão. Longe de serem apenas “brinquedos de criança”, as pipas incendiárias que não foram derrubadas pelos soldados de Israel atingiram residências nas aldeias próximas à fronteira.

Comente agora

Postado por: Welington Macedo / 23 Abr

Estado Islâmico “ressurge”, matando cristãos que não se convertem ao islã

Após perder o território de seu “califado” na Síria e no Iraque, o Estado Islâmico foi declarado extinto e viu muitos de seus soldados serem mortos. Há relatos que parte dos jihadistas foram para a Europa, em meio aos milhões de refugiados saídos do Oriente Médio.

Além disso, seus simpatizantes em várias partes do mundo criaram “células” terroristas. Uma das mais ativas nos últimos meses é que opera na região de Quetta, leste do Paquistão e perto da fronteira com o Afeganistão.

Desde a invasão do país vizinho pelos Estado Unidos em 2001, parte da Al Qaeda deslocou-se para o outro lado da fronteira. Porém, desde o ano passado os constantes atentados contra cristãos no Paquistão vêm sendo assumidos pelo Estado Islâmico.

O grupo extremista bombardeou uma igreja em Quetta pouco antes do Natal e realizou outros ataques armados contra a comunidade cristã. Este mês, seis cristãos foram assassinados.  Por causa dessa onda de violência, muitos moradores da cidade decidiram fugir, pois estavam sendo ameaçados de morte caso não se convertessem ao Islã.

Comente agora

Postado por: Welington Macedo / 08 Abr

O que o Hamas quer com protestos contra Israel

Após os graves confrontos na fronteira da Faixa de Gaza com Israel, que deixaram 18 mortos na semana passada, milhares de palestinos retomaram à cerca que limita os dois territórios nesta sexta (6). Organizada pelo grupo terrorista Hamas, o evento de hoje faz parte da chamada “Marcha do Retorno”, mas incluía uma estratégia diferente. Milhares de pneus foram queimados com o objetivo de fazer uma “cortina de fumaça” para bloquear a visão dos soldados israelenses.

Israel havia alertado que suas ordens de disparo, contra qualquer um que invadir seu território, continuarão vigorando durante as manifestações previstas para ocorrerem todas as sextas-feiras – dia sagrado para os muçulmanos – até 15 de maio, após o aniversário de 70 do ressurgimento do Estado judeu.

“Se houver provocações, daremos uma resposta dura. Não temos a intenção de mudar as ordens de disparo e continuamos com a mesma linha”, advertiu o ministro da Defesa, Avigdor Lieberman. Em entrevista a uma rádio, foi contundente ao alertar: “Não enfrentamos uma manifestação, e sim uma operação terrorista. Praticamente todos os que participam dela recebem um salário do Hamas ou da Jihad Islâmica”.

As ações relativas a “Marcha do Retorno” de hoje foram muito menores que na semana passada, quando cerca de 30 000 palestinos lançaram pedras e coquetéis molotov contra os soldados israelenses, enquanto gritavam “morte aos judeus”.

Desta vez não houve tentativa de invasão em massa e um homem foi morto durante a madrugada enquanto tentava colocar um artefato explosivo na cerca. A atuação do exército de Israel foi proporcionalmente mais comedida, optando por lançar bombas de gás lacrimogêneo através de drones e atirar com balas de borracha.

Comente agora

Postado por: Welington Macedo / 31 Mar

Milhares de palestinos tentam invadir Israel; 14 mortos e 1.100 feridos

Cerca de 20.000 palestinos realizaram atos violentos na Faixa de Gaza e tentaram invadir a pé a fronteira de Israel, nesta sexta-feira (30). Pelo menos 14 deles acabaram mortos pelo Exército de Israel, e há mais de 1.100 feridos, de acordo com as autoridades palestinas.

O ato é o primeiro dia de protestos da chamada “Marcha do Retorno” convocada pelo Hamas, grupo terrorista que comanda a Faixa de Gaza. Eles montaram tendas de campanha ao longo da fronteira. As Forças de Defesa de Israel afirmaram que “Os manifestantes estão jogando pneus em chamas, bombas caseiras e pedras na barreira de segurança e em soldados das Forças Armadas, que estão respondendo com meios de dispersão de revoltas e atirando contra os principais instigadores”.

O exército israelense disse que os organizadores dos protestos estavam deliberadamente tentando colocar os civis em perigo, utilizando mulheres de crianças para formar uma “barreira de proteção”. Há imagens de uma menina de sete anos enviada por seus pais para atravessar a cerca de segurança em uma aparente tentativa de atrair fogo israelense, mas ela não foi ferida.

O noticiário do canal 10 de Israel informou que alguns palestinos tentaram tentar colocar dispositivos explosivos ​​na cerca da fronteira com Gaza e foram atingidos pelo exército.

Comente agora

Postado por: Welington Macedo / 29 Mar

Jihadistas do Estado Islâmico agora fazem parte do exército da Turquia

Tropas turcas ocuparam a cidade síria de Afrin, perto da fronteira com a Turquia, no domingo, marcando o fim de uma batalha de dois meses. Essa não foi uma vitória pequena, pois há grandes implicações históricas, sendo ali que o Império Turco Otomano teve uma das derrotas militares que ajudaram a determinar o seu fim, em 1923.

Quando soldados turcos ergueram a bandeira do seus país no centro de Afrin, o presidente turco Recep Tayyip Erdogan, comemorou, dizendo que “a maioria dos terroristas já fugiu”. Esses “terroristas” a que Erdogan se referiu são as forças curdas que lutaram contra o Estado Islâmico durante anos na região.

O especialista em Oriente Médio, Dr. Jonathan Spyer, diretor do Centro Interdisciplinar de Herzliya (Israel) e membro do Fórum pelo Oriente Médio, explicou que: “Do ponto de vista estratégico, os curdos da Síria têm sido os aliados mais fiéis e efetivos do Ocidente na luta contra o Estado Islâmico nos últimos quatro anos”. Ele também chama atenção que entre os soldados do exército turco havia milícias da Al Qaeda e outros que seriam do Estado Islâmico (EI).

Comente agora

Postado por: Welington Macedo / 27 Mar

Morro de São Paulo: PM recupera dinheiro furtado de casa de argentinos

Um homem foi preso e cédulas de dólares, pesos argentinos e de reais recuperados em Morro de São Paulo, no município de Cairu, Baixo Sul baiano, nesta segunda-feira (26). O dinheiro foi furtado da residência de um grupo de argentinos que estavam hospedados na comunidade de Mangaba.

Segundo a Secretaria da Segurança Pública da Bahia (SSP-BA), o acusado, Leandro de Jesus dos Santos, o “Limão”, invadiu o imóvel e levou 1.488 dólares, 427 pesos argentinos, além de R$ 2.784, dois carregadores para celular, um powerpack, uma caixa de som portátil, uma mochila, um porta-moedas, duas carteiras e duas pochetes, dentre outros objetos.  

Conforme o o comandante da 33ª CIPM, major PM Alexandre Costa de Souza, os policiais chegaram até Limão após relatos de populares. “Ele já é conhecido na área, por prática de outros delitos”, disse. O acusado, junto com o que foi apreendido em seu poder, foi levado para a Delegacia Territorial de Morro de São Paulo.

Fonte: Bahia Notícia

Comente agora

Postado por: Welington Macedo / 26 Mar

Desde o “11 de setembro” ocorreram 32.768 ataques terroristas no mundo

Os ataques às Torres Gêmeas de Nova York em 11 de setembro de 2001 foram marcantes para que o Ocidente “descobrisse” o quão mortífero e irracional são os atentados terroristas. Embora historicamente práticas terroristas sempre tenham feito parte do islamismo, a religião não é o único fator que motiva esse tipo de ocorrência.

O site Religion of Peace [Religião da Paz] dedica-se a monitorar todos os relatos de atividade terrorista, com mortos ou não. Todas as semanas ele publica uma lista com a quantidade de ataques, o local onde ocorreu e o número de mortos e feridos.

Com o registro do ataque ocorrido na França na manhã desta sexta (23), a estatística aponta que são 32.768 atentados terroristas desde o 11 de setembro, uma média de 4 por dia.

Atentado na França

O marroquino Redouane Lakdim, 26 anos, que invadiu o supermercado Super U, nas proximidades da cidade francesa de Trèbes, nesta manhã, matou três pessoas e feriu outras dezesseis.

Comente agora

Postado por: Welington Macedo / 26 Mar

Mais de 70 meninas são libertadas de cativeiro do Boko Haram, após intervenção do governo

O grupo extremista Boko Haram libertou 76 meninas que foram sequestradas de um internato em Dapchi, no nordeste da Nigéria. O rapto, que ao todo foi de 110 garotas, aconteceu no dia 19 de fevereiro deste ano.

A libertação se deu após uma intervenção do governo da Nigéria na manhã da última quarta-feira (21). O ministro da informação, Lai Mohammed, informou que a ação dos extremistas em libertar as meninas foi resultado de um esforço conjunto e incondicional. Não houve qualquer pagamento de resgate.

O Boko Haram não deu maiores explicações. Mas, sabe-se, por meio do ministro da informação, que as meninas foram libertas às 3h da manhã e que 76 haviam sido documentadas.

Muhammadu Buhari, o presidente da Nigéria, disse na semana passada que o governo havia “escolhido a negociação” ao invés de uma ação militar. O motivo era garantir a libertação e a vida das meninas.

Comente agora

Postado por: Welington Macedo / 26 Mar

Muçulmanos lançam tijolos em igreja e deixam 7 feridos, no Paquistão

Sete cristãos ficaram feridos no último domingo (18), na província de Punjab, no Paquistão, depois que um grupo de muçulmanos enfurecidos atacou e agrediu os fiéis com tijolos e com armas de fogo, no final de um culto.

O pastor Haleem Feroze Masih disse ao Morning Star News que o ataque aos fiéis da igreja localizada em Burewala ocorreu por volta das 13 horas, quando cerca de 15 homens armados invadiram o templo e começaram a atacar a congregação.

Haleem disse que o ataque veio depois de colocarem uma placa fora da igreja sobre a Páscoa. "Alguns de nossos anciãos da igreja estavam tentando instalar uma placa de sinalização sobre o próximo festival da Páscoa, na parede em frente à igreja. Mas eles foram parados pelos filhos de Sharif", explicou o pastor.

"Sharif é empresário muçulmano que havia roubado um pedaço do cemitério cristão em nossa colônia e construiu um galpão de gado nos túmulos. Ele também está administrando uma casa de jogos e é conhecido por patrocinar criminosos", disse.

Comente agora

Postado por: Welington Macedo / 26 Mar

Mais de 350 cristãos foram mortos em ataques de muçulmanos, só neste ano

A violência contra cristãos na Nigéria está cada vez mais acentuada. A região mais afetada é a do Cinturão Médio da Nigéria, que inclui os estados de Kaduna, Plateau, Benue, Nasarawa e Taraba. Os ataques são realizados pelos fulanis.

Apesar da passividade do governo, que apresenta dificuldades em ter estatísticas precisas (além do fato de não serem dados confiáveis), a Organização Portas Abertas registrou pelo menos 32 incidentes envolvendo os fulanis desde o início de 2018.

Sabe-se que os ataques causaram a morte de pelo menos 350 aldeões, em sua grande maioria cristãos. Os colaboradores e parceiros da Portas Abertas puderam fazer visitas aos cristãos afetados nos ataques no estado de Taraba. Os que professam a fé cristã foram achados em extrema necessidade de oração e apoio.

Disputa por terras:

Outro forma de prejudicar os cristãos é a tentativa de destruir suas terras. Em Taraba, os crentes em Jesus fazem um bom uso de seus terrenos plantando grãos. Mas logo no início deste ano, época da colheita do milhete, pastores de cabras fulanis atacaram os vilarejos de Lau e Karim, sem qualquer razão.

Comente agora

Postado por: Welington Macedo / 26 Mar

Espiões da KGB se infiltram entre cristãos para tentar fechar igreja, no Tajiquistão

É comum ter visitantes nas igrejas, mas não é sempre que membros de uma organização secreta aparecem para assistir um culto. Foi o que aconteceu com esta igreja no Tajiquistão. Um grupo de homens entrou em um templo e permaneceu infiltrado durante um período da celebração, no dia 11 de março.

Inicialmente, eles estavam se comportando normalmente e permaneceram no culto ouvindo a ministração do pastor. Após certo tempo, um deles começou a registrar partes da mensagem gravando alguns vídeos e outros dois homens passaram a andar pelo terreno da igreja, entrando em cada sala.

Foi então que o pastor e os diáconos questionaram o motivo dos homens desconhecidos estarem fazendo aquilo. O que eles ouviram como resposta não foi nada agradável: “Não é da sua conta quem somos e o que queremos. Vocês têm que abrir todas as portas e nós vamos checar”.

O pastor não estava entendendo nada do que estava acontecendo em sua igreja. Neste momento, um dos “visitantes” apresentou sua identificação oficial como membro da KGB, serviço secreto. Ele também mostrou um mandado para vasculhar a igreja.

Comente agora

Postado por: Welington Macedo / 26 Mar

Últimas notícias sobre padre que foi atacado com golpes de facão

O padre Carlos Vianei segue internado em estado grave na UTI do Hospital Unimed, depois de ser atacado com golpes de facão na última sexta-feira (23), em frente à sua casa, na cidade de Feira de Santana.

O sobrinho do líder religioso, João Vianei, informou que o padre teve ligamentos rompidos, lacerações nas mãos e no maxilar. Os médicos disseram que é necessário esperar o prazo de 72 horas após o ocorrido para ver a evolução do quadro. O que se sabe é que há risco de infecção, devido às reações químicas causadas pelo trauma.

“O quadro está estável em relação aos exames clínicos e ele já fez uma diálise. Fizeram intervenções cirúrgicas e a intenção é tirá-lo do risco de morte. Ele tentou se defender e por sorte não afetou nem o tórax, pescoço e abdômen. No momento da agressão algumas pessoas perceberam e também uma irmã minha que mora perto. Tentaram conter o agressor e usaram um pedaço de madeira para que ele parasse. Pouco depois a polícia chegou”, disse Vianei.

O agressor que tem 33 anos, é usuário de drogas, algo repreendido pelo padre.

Fonte: Acorda Cidade

Comente agora

Postado por: Welington Macedo / 09 Mar

Premiê de Israel afirma que “as trevas estão tomando a nossa região”

Em visita a Washington esta semana, o primeiro-ministro Benjamin Netanyahu participou da conferência anual do Comitê Israelense-Americano de Assuntos Públicos (AIPAC), o influente grupo político nos Estados Unidos.

Ele fez um discurso contundente, agradecendo ao presidente Donald Trump pelo reconhecimento de Jerusalém como capital de Israel e comemorou a possibilidade de o republicano estar presente na inauguração da embaixada, em 14 de maio.

Afirmou que tinha “boas notícias”, garantindo que “o exército israelense nunca foi tão forte” e que a economia do país está próspera.

Projetando um mapa do Oriente Médio em um telão, também assegurou que tinha “más notícias”, referindo-se a grande porção preta do mapa, que ele identificou como “a influência iraniana”.

Comente agora

Postado por: Welington Macedo / 06 Mar

Destruição da Síria é cumprimento de profecia bíblica? Teólogos estão divididos

Desde o ano passado, quando o cenário de destruição na Síria começou a se aproximar da capital Damasco, alguns teólogos vêm fazendo diferentes análises sobre a possibilidade de isso ser o cumprimento, em nossos dias, de antigas profecias bíblicas.

A partir do último dia 18 de fevereiro, as tropas do presidente sírio Basha Al Assad começaram um bombardeio maciço nos subúrbios ao Leste da capital, na região de Ghouta Oriental. Com cerca de 400 mil moradores e dominada por forças rebeldes ao regime, quase que diariamente há notícias de dezenas de civis mortos após os ataques.

A ONU tentou negociar uma trégua, que incluiria um cessar-fogo de 30 dias, quando seria possível evacuar a região. Porém, ela não foi seguida e agora surgem denúncias do uso de armas químicas. O conflito em Ghouta se estende desde 2013. Distando cerca de 15 km de Damasco, uma derrota ali permitiria que os opositores do presidente conquistassem a capital, ponto fim ao regime atual.

Ainda que alguns estudiosos descrevam essa lamentável crise humanitária como evidência do cumprimento de profecias bíblicas, há quem classifique essa conexão como “irresponsável” e “equivocada”.

Os textos mais citados são Isaías 17 e Jeremias 49, que falam sobra a destruição de Damasco, que se tornaria um “montão de ruínas”.

Comente agora

Postado por: Welington Macedo / 06 Mar

Guerra na Síria deixou uma criança morta por hora, em média, em 2018

A guerra na Síria se arrasta desde 2011, sem expectativa de quando irá chegar ao fim. Desde o início de 2018, já morreram mais de 1.000 crianças. Os dados foram anunciado pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef). Isso significa que, em média, uma criança é morta por hora no país.

Geert Cappelaere, diretor regional do Unicef para Oriente Médio e Norte da África, pediu que os países acatem a resolução do Conselho de Segurança das Nações Unidas (ONU) na última semana, requerendo uma pausa humanitária de pelo menos 30 dias no país.

“Muitas mães e pais na Síria imediatamente pensaram que isso representaria a sobrevivência para seus filhos, pensando que suas crianças gravemente desnutridas e aqueles que precisavam de assistência médica urgente poderiam obter exatamente isso: tratamento e ajuda, um direito muito básico”, afirmou.

Cappelaere acrescentou que: “Com o passar dos dias, essas esperanças se transformaram em ilusões, as janelas se fecharam abruptamente em nossos rostos. Porque, para crianças na Síria, nada mudou”.

Comente agora

Postado por: Welington Macedo / 08 Fev

Centenas de pessoas participam da ‘Caminhada da Paz’ em Cruz das Almas

Ideias transformam o mundo, e ações também. Por isso, centenas de pessoas percorreram as principais ruas de Cruz das Almas em uma caminhada pedindo paz. Os participantes saíram da Praça Multiuso e seguiram até a Praça Senador Temístocles munidos de faixas e cartazes para chamar atenção sobre a onda de violência que tomou o município nesse início de ano, fechando o mês de janeiro com sete mortes violentas, incluindo um feminicídio e um rapaz que foi assassinado por engano.

A iniciativa de promover a ‘Caminhada da Paz’ surgiu após o descontentamento da população em relação aos crimes que estavam acontecendo na localidade. Representes de grupos religiosos, estudantes, familiares das vítimas pediram em um só coro por mais segurança, já que a cidade apresentou um dos começos de ano mais violentos dos últimos anos.

Fonte: Forte na Notícia

Comente agora

Postado por: Welington Macedo / 08 Fev

Homem é esfaqueado, perdoa e contrata advogado para defender algoz

Um homem foi esfaqueado por um colega durante uma briga em Sousa, cidade do sertão da Paraíba. Surpreendentemente, Sebastião Felizardo, 39, decidiu não só perdoar seu algoz, mas também contratar um advogado para defendê-lo no dia do julgamento. A vítima e o acusado do crime, Hugo Ferreira da Paixão, 29, saíram abraçados da audiência, quando o réu conseguiu liberdade provisória.

O advogado João Hélio Lopes da Silva foi contratado por Felizardo para soltar Ferreira. Ele conta que os dois homens trabalhavam juntos como lavadores de carros no centro de Sousa. Se desentenderam no dia 22 de agosto do ano passado, por um motivo fútil.

Fonte: Gospel Prime

Comente agora

Postado por: Welington Macedo / 23 Jan

Após sessão de tortura, pastor é enforcado na igreja que pastoreava

Um pastor evangélico indiano, conhecido por ser um “guerreiro de oração”, foi encontrado morto, enforcado nas vigas de suporte do telhado de sua igreja. Seu corpo tinha sinais de tortura, disseram os membros.

Gideon Periyaswamy, 43 anos, que pastoreava a Igreja Maknayeem, em Adayachery, sul da Índia, foi assassinado na manhã de sábado. Segundo os líderes da igreja, ele vinha fazendo denúncias contra os extremistas hindus da região.

O pastor Azariah Reuben, um amigo íntimo da vítima, explica que Periyaswamy abandonou o hinduísmo há 25 anos e foi ordenado pastor mais de 12 anos atrás. Ele era conhecido por passar longos períodos do dia em oração.

Ele enfatiza que muitos hindus estavam se convertendo graças ao trabalho do amigo e, por isso, os líderes extremistas “tentaram várias vezes parar o seu ministério”.

Comente agora

Postado por: Welington Macedo / 12 Jan

Número de cristãos assassinados por sua fé cresceu mais de 150% em 2017

Apesar da diferença de metodologia, os índices de perseguição no mundo divulgados pela Missão Portas Abertas (evangélica) são muito parecidos com os publicados pela Fundação Ajuda à Igreja que Sofre (católica).

Publicadas com uma semana de diferença, ambos concordam que 2017 testemunhou um aumento na perseguição e morte de cristãos exclusivamente por causa de sua fé. A Lista Mundial da Perseguição 2018 da Portas Abertas foi divulgada nesta quarta-feira (10).

Como faz todo ano, a missão avalia a situação da perseguição religiosa em todo o mundo e estabelece um ranking dos países onde viver a fé cristã é mais arriscado. Os números contabilizados para 2017 apontam 3066 cristãos assassinados e 793 igrejas ou propriedades de igrejas atacadas. Ao contrário de outros levantamentos, a Portas Abertas não leva em consideração os casos onde existem questões raciais, étnicas ou políticas envolvidas.

Segundo afirma em seu site “quase 75% da população mundial vive em áreas com graves restrições religiosas. Para a Portas Abertas, a perseguição aos cristãos consiste em qualquer oposição vivenciada como resultado da identificação de uma pessoa com Cristo, incluindo palavras e atitudes hostis, dirigidas contra elas unicamente por causa de sua fé em Jesus. Hoje em dia são aproximadamente 215 milhões de cristãos perseguidos nos 50 países que compõem a Lista Mundial”.

Comente agora

Postado por: Welington Macedo / 04 Jan

14 cristãos nigerianos foram mortos após “culto da virada”

14 pessoas foram mortas por islâmicos armados na madrugada de segunda-feira, quando regressavam de um “culto da virada” em Port Harcourt, no sul da Nigéria, confirmam as autoridades.

“Por volta da meia-noite e meia homens armados dispararam contra um grupo de fiéis”, explicou Ugochi Olugbo, parente de uma das vítimas. Ele explicou que elas estavam voltando para casa, quando foram cercadas e mortas.

A emboscada ocorreu em Omoku, cerca de 90 quilômetros de Port Harcourt, capital do estado de Rivers. Um policial, que pediu anonimato, revela que “14 morreram na hora e outras 12 pessoas ficaram feridas e foram levadas para o hospital local”.

Nnamdi Omoni, porta-voz da polícia do estado de Rivers, ressalta que o número de vítimas não foi confirmado oficialmente.

Os ataques a cristãos na Nigéria vêm aumentando nos últimos meses. Além dos jihadistas do Boko Haram, membros da etnia fulani vem sistematicamente perseguindo e matando “não muçulmanos” em diversos pontos do país. 

Fonte: Gospel Prime

Comente agora

Postado por: Welington Macedo / 29 Dez

Cristãos foram assassinados durante o Natal e a mídia se calou

Quando ocorrem atentado terroristas em grandes centros, a mídia logo dá destaque. Contudo, as manchetes sempre são impessoais, como se uma bomba, um ônibus ou um automóvel pudessem ser responsabilizados pelo rastro de destruição. Ainda que os homens responsáveis pelos ataques na maioria das vezes gritem ͞”Allahu Akbar͟” e jurem fidelidade ao Estado Islâmico (ou similar), os grandes órgãos de imprensa apressam-se em dizer que a motivação não foi religiosa.

Por isso, quando cristãos do estado de Kaduna, na Nigéria, são mortos durante o Natal, o silêncio sobre o tema é ensurdecedor. No primeiro ataque, realizados por membros muçulmanos da etnia fulani, quatro pessoas morreram 10 ficaram feridas na aldeia de Nimdem, no dia 23. Todas as vítimas eram membros de igrejas locais.

O pastor Gideon Mutum disse à ONG International Christian Concern que eles foram assassinados “durante uma apresentação de músicas natalinas, apresentadas junto com uma pregação ao ar livre”. Há pessoas gravemente feridas que continuam internadas em hospitais da região.

Comente agora

Postado por: Welington Macedo / 22 Dez

Cristão é morto na frente dos filhos por não negar a Jesus

Um ônibus lotado de cristãos foi atacado por um grupo de terroristas armados. O fato aconteceu em maio deste ano, quando os crentes em Jesus iam visitar um lugar religioso em Minia, ao sul do Egito. Não houve misericórdia, mataram os passageiros por eles não confessarem o islamismo como sua religião.

Na lista de mortos, estava Ayad, que naquele dia levava seus dois filhos, Marco (16) e Mina (12). Agora, eles contam a história, lembrando do terrível dia em que seu pai foi massacrado pelos extremistas. Eles contam que ainda têm pesadelos com isso. Dizem que o pai, Ayad, estava dirigindo uma picape e que outros colegas haviam pegado uma carona com eles.

Foi quando do nada ouviram uma gritaria. Os meninos imediatamente se encolheram embaixo do banco do carro. “Ouvimos como os terroristas forçaram meu pai a sair primeiro. Eles gritaram que ele tinha que se converter ao islã, mas ele disse não, então eles atiraram nele”, conta Mina.

Fiél até o fim

Então, eles foram obrigados a sair do carro, um a um. Todos escolheram não negar a Jesus e por isso foram mortos. Quando os terroristas descobriram os meninos, um deles atirou, mas errou. Então um outro disse: “Deixe-os viver para contar a história”.

Comente agora

Postado por: Welington Macedo / 03 Dez

Israel enfrenta Irã e bombardeia base terrorista na Síria, deixando 12 mortos

Doze militares iranianos foram mortos em um ataque aéreo israelense contra uma base iraniana instalada na Síria na noite de sexta-feira, informou a mídia do Oriente Médio.

Segundo relatos do canal de televisão Al-Mustaqbal, do Líbano, e da rede saudita da Al-Arabiya, a Guarda Revolucionária do Irã admitiu as mortes em grupos privados do Telegram, mas não fez nenhum comunicado oficial ainda.

Até o momento, as autoridades sírias não se manifestaram, mas a agência oficial SANA informou que Israel disparou vários mísseis contra uma instalação militar perto da capital da Damasco, causando danos. Também comemorou o fato de que as defesas aéreas sírias conseguiram derrubar dois dos mísseis israelenses.

Embora nem Teerã nem Damasco admitam, o local atacado foi uma base que o Irã vem construindo perto da cidade de al-Qiswa, que foi fotografada por satélites e revelado ao mundo recentemente em reportagem da emissora britânica BBC. O local fica a 50 quilômetros da fronteira norte de Israel.

Síria em janeiro.
Nas fotos divulgadas pela BBC é possível identificar que surgiram várias construções no local entre janeiro e outubro deste ano. Seriam cerca de 20 edifícios grandes, mas de baixa altura – provável habitação de soldados e veículos.


Comente agora

Postado por: Welington Macedo / 22 Nov

1000 muçulmanos tentam invadir igreja no Egito

Cristãos egípcios foram forçados a bloquear as portas de uma igreja e ficarem trancados lá dentro para sua própria segurança após uma multidão furiosa tentar invadir o templo em Mina, no Egito.

A imprensa revela que uma horda de 1 000 muçulmanos queria destruir a igreja copta que foi reformada recentemente. A polícia foi chamada para evitar um banho de sangue, mas quem acabou responsabilizados pelo incidente foram os líderes da igreja.

Dias depois, eles foram forçados a participar de uma “reunião de paz”, que visava impedir o conflito entre os coptas e a comunidade muçulmana local.

Uma fonte próxima à igreja disse: “Os líderes coptas tiveram que concordar com a reconciliação proposta esta noite no salão da aldeia. Foi apresentado um acordo escrito que indicava uma disposição a criar laços de amizade, amor e fraternidade.”

Eles tiveram de se comprometer a “não provocar crises”. Para os coptas, trata-se de uma armadilha legal, que pode resultar no fechamento das igrejas coptas por meios “obscuros”.

Comente agora

Postado por: Welington Macedo / 17 Nov

Homem invade igreja na Bahia e quebra imagens durante oração de fiéis

Um homem invadiu a Igreja Matriz da Paróquia Nossa Senhora D’Ajuda, na cidade de Itanhém, no Extremo Sul da Bahia, por volta das 7 horas da manhã desta quinta-feira (16). Uma hora depois do ocorrido, policiais militares prenderam o acusado de ter praticado o ato, que estava no bairro Monte Santo, na localidade conhecida por Casas Populares, onde mora.

De acordo com o padre Valdir Vitorino, o invasor entrou pela porta da frente e se dirigiu ao altar principal, onde acontecia a adoração ao santíssimo sacramento e jogou no chão tudo que encontrou pela frente. “Foi um ato de vandalismo e de desrespeito ao sagrado”, disse. Uma das velas que estava no altar também caiu e chegou a queimar uma toalha, mas o fogo foi controlado.

Segundo a PM, o acusado, que tem problemas psiquiátricos e é portador do vírus HIV, não reagiu à prisão. Ele é conhecido pelo apelido de Mabaço porque tem um irmão com quem é gêmeo univitelino. 

Fontes: Tribuna do Recôncavo/Água Preta News)

Comente agora

Postado por: Welington Macedo / 15 Nov

Pastor de igreja do Texas perdoa atirador que matou 26, incluindo sua filha

“No domingo passado, nosso país foi atacado, nosso estado foi atacado, nossa igreja foi atacada”, afirmou o pastor Frank Pomeroy, da Primeira Igreja Batista de Sutherland Springs, no primeiro sermão pregado por ele após o massacre. “Ainda temos a liberdade de proclamar a Cristo. Temos a liberdade de escolher, e ao invés de escolher a escuridão como fez aquele homem, eu digo que devemos escolher a vida”.

O culto, realizado em uma grande tenda branca no campo de beisebol da pequena cidade atraiu mais de 500 pessoas. Para muitos, parecia as tendas das antigas cruzadas de avivamento. Aos presentes, o pastor Pomeroy explicou que os membros não querem mais usar o local onde as mortes ocorreram.

  nave do templo foi transformada em um memorial, onde 26 cadeiras brancas, cada uma com uma rosa, foram colocadas para lembrar o local onde cada um estava naquela fatídica manhã. Embora sejam oficialmente 25 mortos, a igreja dedicará um dos espaços para a criança que não chegou a nascer. Sua mãe faleceu grávida de oito meses.

Comente agora

Postado por: Welington Macedo / 09 Nov

Homem tenta esfaquear pastor durante culto para “testar se Deus era Deus”

No último domingo (5), a igreja “O Brasil Para Cristo”, em Tatuí, interior de São Paulo, realizava seu culto normalmente, quando o pastor foi atacado por um homem. Transmitido ao vivo pelo Facebook, as imagens acabaram viralizando.

Um homem sobe no púlpito com uma faca e tenta esfaquear o pastor Gétero Augusto de Campos. Alguns fiéis avisam o líder religioso, que se desvia. Um homem sobe no púlpito e consegue imobilizar o esfaqueador. Ninguém ficou ferido.

É possível ver o Gétero dizendo para o agressor: “o sangue de Jesus tem poder”. Após o homem ser imobilizado, o pastor comemora: “aleluia, glória a Deus”.

Depois, afirma à congregação: “O inimigo ruge como leão, né irmãos?”. Citou também a morte de várias pessoas em uma igreja batista dos Estados Unidos, ocorrida naquela manhã.

A polícia foi chamada e o homem acabou indo para a delegacia. O rapaz justificou que não tinha nada contra o pastor, mas não gostou de seu louvor. Ele frequentava aquela mesma igreja com regularidade, pois é vizinho do templo. Como não houve feridos, ele assinou um termo circunstanciado de lesão corporal e foi liberado.

Comente agora

Postado por: Welington Macedo / 08 Nov

Massacre em igreja no Texas foi “ato demoníaco”, alertam pastores

Cerca de 24 horas após Devin Kelley, um ex-soldado da Força Aérea, ter cometido um atentado à Primeira Igreja Batista de Sutherland Springs, no Texas, e deixado 26 mortos, a questão principal debatida pela mídia voltou a ser a facilidade que os americanos tem às armas de fogo.

As mudanças propostas por Donald Trump nos critérios para a compra de armamentos estão sendo longamente discutidas em programas de debate na TV.

Enquanto isso, pelo menos 10 crianças atingidas no massacre estão se recuperando das cirurgias. Segundo a imprensa, ao menos quatro ainda correm perigo de morte.

Diversos líderes cristãos demonstraram solidariedade com os membros da igreja. Entre as muitas mensagens, a que causou mais impacto foi a de James Dobson, fundador e presidente do ministério Family Talk.