Informe Gospel TV






Parceiros

Reflexão

Ainda que a minha mente e o meu corpo enfraqueçam, Deus é a minha força, Ele é tudo o que eu preciso. (Salmo 73:26)

Deus é fiel e Jesus salva!

Blog

Irmão Lázaro almeja Senado e profetiza: “Deus vai sarar a nossa terra”

Irmão Lázaro é, antes de tudo, um cristão comprometido. Também conhecido por sua carreira musical como cantor e compositor  de música gospel, ele tem atuado como “voz profética” no Congresso Nacional. Eleito deputado federal pelo PSC da Bahia em 2014, admite que teve dificuldades nos primeiros meses do mandato, mas decidiu obedecer ao chamado de Deus para sua vida e persistiu.

Agora, pensa em alçar novos voos. Membro da Frente Parlamentar Evangélica, ele avalia que o trabalho da chamada “bancada evangélica” tem sido proveitoso.

“É um trabalho árduo, que tem trazido feridas para todos nós, mas extremamente proveitoso. Nós estamos vencendo a ideologia de gênero, a legalização das drogas, e outras coisas que tentam  desconfigurar a família brasileira”, explica.

A convicção de Lázaro é que os deputados e senadores evangélicos fazem um trabalho maravilhoso, mas reconhece que seu papel ali é representar quem os elegeu. Afinal, nenhum deles estaria ali “Se a Igreja não tivesse nos confiado o cargo, colocado seus representantes para lutar essas guerras e vencer as batalhas”

Ele sabe que muitos, como ele,  receberam  o voto de pessoas que podem não ser evangélicas, mas acreditam na “família como Deus instituiu”..

Olhando para o quadro que se desenha nas eleições deste ano, Lázaro acredita que “o crescimento do número de evangélicos depende do aumentar da mobilização das igrejas”. Por isso, colocou seu nome à disposição para concorrer ao Senado pela Bahia.

Compara o desafio que lhe foi feito como a posição de Maria, mão de Jesus, diante do anjo, respondendo a Deus com um “Eis-me aqui”.

O parlamentar baiano sabe que existem críticas ao trabalho da bancada evangélica, sendo que muitos ainda acreditam que religião e política não se misturam. “Infelizmente, pessoas acham que a pessoa deixa de ser crente. Eu dobrei meu período de oração e fui fortalecido por Deus. Precisei de um aguçar na minha vida espiritual”, conta.

Para ele, o Congresso é “um campo de batalha”, e por isso “é preciso tomar cuidado com as armadilhas, pois sempre há uma armadilha para quem tem uma voz profética nesse lugar”.

Questionado sobre tudo que vem ocorrendo no país desde o início da Operação Lava-Jato, que vem expondo muito que era feito às escondidas nos bastidores do poder, Lázaro é categórico.

Citando o texto de 2 Crônicas 7:14, lembra da promessa: “Se o meu povo, que se chama pelo meu nome, se humilhar, e orar, e buscar a minha face, e se converter dos seus maus caminhos, eu ouvirei dos céus, e perdoarei os seus pecados, e sararei a sua terra”.

Repetindo o que já foi dito pelo senador Magno Malta, disparou: “Como Deus vai sarar a terra? Jogando veneno no esgoto. Deus levantou a tampa do esgoto, mostrou os ratos e Deus decidiu começar a fazer uma limpeza”.

Encerrou mostrando que não tem dúvidas que o papel do voto consciente por parte dos evangélicos será decisivo este ano: “A única instituição que tem condições de fazer limpeza é a igreja. Se a igreja quiser realmente assumir esse papel de continuar nesse campo de batalha e resgatar a moral, os bons costumes, é preciso entender que a Igreja de Jesus é a solução para o nosso país”.

Fonte: Gospel Prime


Categorias

POLÍTICA