Informe Gospel TV



As Mais Vistas



Parceiros

Reflexão

Ainda que a minha mente e o meu corpo enfraqueçam, Deus é a minha força, Ele é tudo o que eu preciso. (Salmo 73:26)

Deus é fiel e Jesus salva!

Blog

Idosos sobrevivem a incêndio causado por ataque do Boko Haram: “Deus nos salvou”

Um casal de idosos sobreviveu a um ataque do grupo terrorista Boko Haram, após se proteger das chamas em um esconderijo. Eles, que têm mais de 60 anos, moravam na cidade de Roum, ao norte de Camarões, em um recinto cristão localizado em uma área predominantemente muçulmana.

O ataque do Boko Haram causou um desastre na região e fez com que milhares de pessoas fossem obrigadas a abandonar suas casas e pertences para sobreviver. Amós e Esther estavam sentados em frente à cabana onde moravam quando ouviram um barulho.

Os dois perceberam que chamas de fogo estavam aumentando e por isso resolveram se esconder. “Peguei minha esposa pela mão e corremos para o complexo, onde nos escondemos no ponto mais longe que podíamos alcançar. O fogo não havia chegado lá dentro ainda, então esperávamos que eles não continuassem incendiando tudo”, disse Amós.

O Boko Haram acabou colocando fogo em todo o complexo. Os extremistas fizeram questão de verificar se tudo seria destruído. “Eles foram exatamente para os fundos, onde estávamos nos escondendo”, disse o cristão.

“Eles gritavam e olhavam para ver se havia alguém lá dentro. Mas olharam só de um lado, não olharam no lado onde estávamos. Foi Deus que nos salvou. Graças a Deus, eles não nos viram”, relembrou Amós.

Tudo destruído

O casal permaneceu no esconderijo por várias horas e quando finalmente deixaram o recinto, perceberam que todo o vilarejo estava destruído. A igreja onde eles frequentavam ficava do outro lado da rua e também foi alvo dos extremistas. “O fogo devorou tudo, até os arquivos da igreja, o telhado, as paredes. Nós perdemos tudo”, disse um líder local.

Cerca de 237 mil pessoas, assim como Amós e Esther, já foram deslocados por causa dos ataques do Boko Haram no norte de Camarões, de acordo com dados recentes. Sabe-se que entre 2017 e janeiro de 2018, pelo menos quatro igrejas e dois lugares de adoração foram queimados pelo Boko Haram.

Muitos dos cristãos que sobreviveram aos ataques tiveram ajuda da Portas Abertas, que ajuda vítimas da violência religiosa. “Visitamos cerca de 300 famílias afetadas pelos ataques de janeiro e fevereiro e, graças ao apoio de nossos parceiros, pudemos distribuir ajuda emergencial entre eles”, ressaltou a organização.

Fonte: Mundo Cristã


Categorias

Violência