Informe Gospel TV






Parceiros

Reflexão

Ainda que a minha mente e o meu corpo enfraqueçam, Deus é a minha força, Ele é tudo o que eu preciso. (Salmo 73:26)

Deus é fiel e Jesus salva!

Blog

A frase de Abílio Santana que calou Sargento Isidório durante diplomação

Na tarde dessa segunda-feira (17) aconteceu no Teatro Castro Alves (TCA), a cerimônia de diplomação dos eleitos a governador, senador, deputado federal e deputado estadual pelo estado da Bahia.

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) diplomou, ao todo, 137 políticos baianos eleitos em outubro. Além do Governador e dos senadores, também receberam diploma os 39 deputados federais e os 63 parlamentares estaduais.

O deputado federal eleito pastor Abílio Santana, juntamente com o também deputado sargento Isidório protagonizaram o maior tumulto bem na hora da cerimônia.

As cadeiras eram marcadas com o nome dos eleitos, Abílio sentou-se na fileira 09, e logo atrás dele na fileira 10, ficou o deputado sargento Isidório, que segundo informações começou a provocar Abílio soltando indiretas.

Na hora em que o juiz anunciou o nome do pastor Abílio pra ser Diplomado,  Isidório gritou:“O leão da Bahia vai virá gatinho mimi quando chegar em Brasília”.

Abílio fingiu não ouvir e seguiu para ser diplomado, pousou para fotos, e quando voltou para se assentar foi até Isidório, botou o dedo no rosto dele e disse:“Está procurando confusão comigo? você tá procurando confusão com o cabra errado, se você é deputado federal eu também sou, se você é militar eu também,  que desgraça você quer? deixa eu deixar uma deixa bem deixada. Antes que o leão da Bahia vire gato, ele vai esganar e demolir muitos veados”.

Isidório não gostou da resposta e começou uma discussão onde foi preciso os deputados Nelson Peregrino e Márcio Marinho entrarem para acalmar os ânimos que estavam extremamente exaltados. O sargento Isidório ainda disse:“O leão tem pavio curto”, então Abílio gritou:“Não tenho pavio”.

Segundo conta em seu testemunho, o sargento Isidório afirma que é um ex-gay, e Abílio acabou que na confusão relembrando o passado do parlamentar.

Depois que conseguiram conter os ânimos de ambos, o presidente do TRE, desembargador José Edivaldo Rotondano, que realizou a cerimônia, deu seguimento a diplomação.

 Fonte: F.G
 


Categorias

POLÍTICA